O ato em favor da segurança pública de Pernambuco e contra as perseguições do governador dirigida aos representantes sindicais que denunciam o caos e a violência que têm atingido cidadãos – e até mesmo os agentes de segurança – foi adiado para que a participação dos lideres da Associação de Cabo e Soldados da Polícia e Bombeiros Militares (ACS-PE) pudessem participar. Após uma série de incidentes, Albérisson Carlos encontra-se de repouso, e Nadelson Leite está em viagem. Por isso, na próxima semana os lideres do movimento se reunirão novamente para marcar uma nova data.

Deixe seu comentário