Nesta sexta-feira (13) que antecedeu o carnaval, o Sinpol manteve sua tradição e colocou na rua o Bloco Canabrava, criado há 24 anos pelos policiais civis de Pernambuco para confraternizar a categoria na festa de Momo.

Este ano o bloco teve o apoio de uma orquestra com 40 músicos que arrastaram uma multidão de cerca de 500 pessoas. Os moradores do bairro de Santo Amaro, onde fica a sede do Sinpol, acompanharam a agremiação junto com os policiais. O bloco percorreu toda a avenida Cruz Cabugá até o Rua da União, onde o Canabrava encontrou com o bloco dos escrivães da polícia civil.

Em duas faixas, os policiais não deixaram de criticar os salários e as péssimas condições de trabalho da corporação. “O Bloco da Segurança Pública quer Valorização Profissional” e “Pacto pelo quê? Sem Polícia Civil valorizada, segurança pública não funciona”, diziam as faixas.

Muitas crianças, tanto da comunidade quanto os filhos dos policiais, frevaram durante todo o percurso. O estandarte do bloco foi carregado por vários dos diretores do Sinpol presentes.

Deixe seu comentário