Nós, Policiais Civis de Pernambuco, queremos alertar você, cidadão pernambucano, sobre a situação crítica em que se encontra a Polícia Civil.

Queremos que você saiba que as estruturas de nossas Delegacias e Institutos (IC, IML e IITB) são precárias, não possuem condições de atender bem à população e por isso os Policiais Civis não conseguem desempenhar bem seu papel que é investigar, solucionar os crimes, combater a criminalidade e proteger o cidadão.

Faltam recursos para a segurança, não há material de trabalho suficiente, nem equipamentos necessários para o bom desempenho dos nossos trabalhos. Tal situação precisa urgentemente ser resolvida, pois, nas condições em que funciona a Polícia Civil, o maior prejudicado é você, que paga seus impostos, não é bem atendido, não vê os crimes solucionados nem os bandidos presos.

A consequência destas péssimas estruturas, somada à falta de policiais, é que você sofre no momento em que precisa registrar um Boletim de Ocorrência (já que trabalhamos com apenas 40% do efetivo necessário), você sofre quando não há perícia em locais de crimes, você sofre quando a pessoa que lhe agrediu não responde a processo pelos crimes que cometeu, as investigações demoram ou sequer se consegue achar os culpados.

O cidadão se sente impotente diante da criminalidade. A Polícia Civil, que deveria estar preparada para dar resposta imediata às ocorrências que chegam à Delegacia, encontra-se sem condições de trabalho e recebendo um dos piores salários do país e, por isso, muitos não querem continuar na instituição.

Não é aceitável o brasileiro ter um dos piores serviços públicos quando paga uma das maiores cargas tributárias do mundo. O dinheiro que deveria ir para segurança, educação e saúde é desviado pela corrupção para os bolsos dos maus políticos. O que vemos é uma inversão de valores onde quem não é Policial ganha mais do que quem efetivamente combate o crime.

Por tudo isso estamos realizando a “Operação Polícia Cidadã”, cujo objetivo é dar dignidade salarial e condições de trabalho ao policial, pressionar o Governo Estadual para que haja mais investimentos em segurança pública e garantir que você, cidadão digno e trabalhador, tenha o atendimento que merece, que o crime que lhe atingiu seja solucionado e você possa viver seguro e em paz.

Deixe seu comentário