O Presidente do Sinpol e da Federação Nordestina de Trabalhadores Policiais Civis (Feipol-NE), Áureo Cisneiros, participou ontem (21), em Brasília, de uma manifestação que contou com a participação de cerca de 5 mil Policiais Civis de todo o país contra a reforma da previdência apresentada pelo governo federal.

Convocado pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e pela União dos Policiais do Brasil (UPB), o ato condenou a perda de direitos dos Policiais e demais agentes da segurança pública proposta na reforma.

Deixe seu comentário