No próximo dia 13, quinta-feira, o Sindicato dos Policias Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) estará na praça Oswaldo Cruz, a partir das 9h, junto a servidores, sindicalistas e toda a sociedade em ato de repúdio às perseguições promovidas pelo Governo do Estado contra os servidores que têm lutado por melhores condições de trabalho e por uma vida mais digna e segura para o povo pernambucano.

Diante da crise na segurança pública, que já se arrasta há anos e que vitimou  milhares de pessoas, entre as quais vários policiais civis, o Governo de Pernambuco tem se dedicado mais em punir os que apontam os erros e propõem soluções do que em fazer a sua parte para estimular o diálogo e reestabelecer um clima de segurança e não-violência no estado. Ao invés disso, o governador Paulo Câmara tem promovido uma verdadeira perseguição e caça às bruxas, processando e demitindo servidores que não baixam a cabeça.

 

Isso é inaceitável e nós não podemos admitir um retrocesso dessa natureza! Comparáveis apenas aos atos institucionais dos períodos de ditadura, quando pessoas eram perseguidas e punidas pelo simples fato de descordarem da condução do Estado, as ações movidas pelo Governo de Pernambuco contra servidores põem em risco a democracia e inviabilizam a atividade sindical garantida na constituição cidadã.

Junte-se a nós e não deixe que a nossa tradição de lutas seja abafada! 

Eles não vão e não podem nos calar!

 “Não existe uma boa sociedade sem um bom sindicato. E não há um bom sindicato que não renasça todos os dias nas periferias, que não transforme as pedras descartadas da economia em pedras angulares. Sindicato é uma bela palavra que provém do grego syn-dike, isto é, ‘justiça juntos’. Não há justiça se não se está com os excluídos”. Papa Francisco.

Deixe seu comentário