O Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) fez um protesto em Floresta, sertão do Estado, na manhã desta quinta-feira (19/03). Por volta das 10h30, o presidente do sindicato, Áureo Cisneiros, entregou ao Governador Paulo Câmara uma Carta Aberta com as principais demandas dos policiais civis do Estado. Paulo Câmara recebeu o documento depois que encerrou a plenária governamental Todos Por Pernambuco.

A carta faz duras críticas a situação da segurança pública no Estado, destacando a “falta de efetivo”, “desvalorização”, “falta de equipamentos” e “baixos salários”.

Faixa do Sinpol_ao governador

Leia a carta abaixo:

CARTA PÚBLICA AO GOVERNADOR PAULO CÂMARA E AO POVO DE PERNAMBUCO

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL), vem por meio desta carta pública trazer ao senhor Governador as demandas da segurança pública, área sensível da vida social pernambucana, que tem sofrido com a ausência de políticas voltadas ao combate à criminalidade, o que acaba por contribuir com a impunidade, mãe de muitas mazelas e injustiças sociais.
A Polícia Civil hoje está inibida de exercer bem sua tarefa de defender a população e não consegue desenvolver seus trabalhos, o que acaba por aumentar a insegurança no Estado. Dentre as muitas razões, destaca-se a falta de efetivo, motivo pelo qual muitas Delegacias, do litoral ao sertão, estão fechando as portas. Também a desvalorização dos policiais, demonstrada pela falta de condições dignas de trabalho, falta de equipamentos fundamentais para a elucidação de crimes, falta de equipamento de proteção individual (como coletes, algemas e munição) e também os baixos salários, que estão entre os piores do Brasil, têm desestimulado o policial a realizar investigações, atribuição da Polícia Judiciária.
O programa Pacto pela Vida tem sido impactado pelo aumento do número de homicídios, decorrente da falta de combate direto aos criminosos pelas vias legais, pela produção de Inquéritos Policiais que, bem fundamentados, levem à condenação dos que promovem a dor e o sofrimento à toda população.
Pedimos também que a vida do policial seja valorizada, equiparando a gratificação do risco de vida de todos, já que têm a mesma importância.
O policial pede dignidade para exercer bem sua missão de proteger a população e espera que suas reivindicações sejam atendidas. O SINPOL deseja que seu governo atenda às reivindicações de todo o povo sofrido, cuja segurança é papel do Estado, dever nosso, dispondo-se a colaborar na construção de uma sociedade justa e melhor.
Polícia Civil, patrimônio do povo pernambucano. Valorize-a.

Discussão8 Comentários

    • Wauber, continue acessando nosso site e redes sociais! Na hora da mobilização, esperamos sua presença! (Assessoria de Comunicação)

  1. gilvan soares dos santos

    Parabens aureo pela coragem e o compromisso com nossa classe,tenho 27anos de policia e foi a unica vez que votei em um candidato e nao me arrependi,continue assim corajoso e determinado que deus nos abençoe e nos guarde sempre juntos seremos fortes, forte abraço. Gilvan soares dos santos, comissario, saire

  2. Robson Buril, comissario aposentado

    Parabens Aureo, espero que continue assim combativo, corajoso e independente, para lutar pelos anseios dos policiais civis.

Responder Para Sérgio Araújo Cancelar Responder