Disque-Denúncia encerra atividades por falta de recursos no Agreste de PE

Órgão alegou que não houve renovação da parceria com o Governo do estado.
DD Agreste funcionou por 13 anos e atendia a 139 cidades do interior de PE.

 

O Disque-Denúncia (DD) Agreste encerrou as atividades por falta de recursos financeiros – que eram repassadas pelo Governo de Pernambuco por meio da Secretaria de Defesa Social (SDS). A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (7) pela assessoria de imprensa do órgão. De acordo com a assessoria, “a decisão se fez necessária diante da impossibilidade de renovação da parceria com o governo […] para o repasse de recursos financeiros indispensáveis para o funcionamento do serviço”.

Por meio de nota, a SDS informou à TV Asa Branca que não tem qualquer tipo de gerência na administração do Disque-Denúncia.

O DD Agreste funcionou por 13 anos e atendia a 139 cidades do interior de Pernambuco. Segundo a assessoria, mais de 1,5 mil criminosos foram presos após o órgão receber denúncias. Os serviços do Disque-Denúncias fiacarão suspensos por “tempo indeterminado”, conforme informou a assessoria.

A SDS ainda destacou que as denúncias poderão ser feitas por meio do serviço de delação anônima, que é realizado pela Ouvidoria da própria secretaria por meio dos números (81) 3183-5009, 3183-5059 ou 0800 081 5001, das 7h às 19h. As pessoas também poderão denúncias por meio do portal da Ouvidoria da SDS ou ir até à sede do órgão, localizada na Rua São Geraldo, número 110, Bairro Santo Amaro, no Recife, ou ainda, ligar para o número 0800 081 5001. O anonimato é garantido.

Fonte: http://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/noticia/2016/07/disque-denuncia-encerra-atividades-por-falta-de-recursos-no-agreste-de-pe.html

Deixe seu comentário