Os dirigentes do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) reuniram-se na noite desta segunda-feira (5/10) com o secretário executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, para apresentar o resultado da assembleia da categoria que rejeitou, no último dia 29 de setembro, a proposta financeira do Governo do Estado aos policiais civis. Para entregar o documento, cerca de 600 policiais seguiram em passeata da sede do Sinpol até o Palácio do Campo das Princesas, passando pelas principais avenidas do centro do Recife.
“O secretário Marcelo Canuto prometeu levar nosso pleito ao governador Paulo Câmara e ao secretário de Administração Milton Coelho”, explicou Áureo Cisneiros à categoria, logo após a reunião. Áureo também afirmou que o governo vai dar retorno aos policiais em 15 dias e que, até lá, as mobilizações dos policiais civis permanecerão. Os policiais civis rejeitaram em assembleia a proposta financeira do Governo de R$ 300 a título de Auxílio Transporte para os policiais da ativa, excluindo os policais aposentados.
- VIDEOS.Quadro025
PASSEATA – Os cerca de 600 policiais seguiram com faixas e carro de som pela Avenida Cruz Cabugá, Rua do Hospício, Avenida Conde da Boa Vista, Rua da Aurora, Ponte Princesa Isabel e pararam em frente ao Palácio do Campo das Princesas. Antes da passeata, foi realizada uma assembleia no auditório do Sinpol para repudiar a estratégia do governo de desmobilizar a categoria, criando operações no intuito de esvaziar o movimento. Depois da decidão de manter a passeata, populares e servidores de outras categorias deram apoio aos policiais civis.
- VIDEOS.Quadro062
- VIDEOS.Quadro037

Discussão7 Comentários

  1. Mim aposentei aos 49 anos de idade, não era o meu real desejo! Mas devido a decepção dos descasos dos governos de 15 anos, até o presente, que deixaram de desvalorizarem aqueles que impulsionam a máquinas dos Estados e União, chamados e conhecidos de fé e de direitos como funcionarios publicos, se não fosse nós esses Estados e País, já tinham afundados o qual é o desejo da política que está aí, tentando destruir o que foi criado por políticos que no passado se preocupavam com o bem estar da sociedade,

  2. Confiante. Estamos no caminho certo, respeito aos colegas aposentados é fundamental, pois a polícia de hoje passou pelas mãos deles, e com a graça de Deus, nós hoje na ativa, completaremos também esta árdua caminhada de 30 anos para a aposentadoria. SINPOL FORTE É CATEGORIA UNIDA.

  3. Acho que o governo deveria reformular o organograma da policia civil, dando poderes as delegacias de policia (local onde as ocorrências acontecem), extinguindo diretorias, departamentos e principalmente cargos comissionados, os quais para nada servem, só acomodar os (incompetentes e bajuladores), colocando os policiais (delegados, agentes e escrivães), para trabalharem em unidades fins, dessa forma a instituição iria criar credibilidade perante a população, pois iria fazer sua função mister, ou seja, investigar crimes e só, para isso, se faz necessário com urgência a criação de quadro de agentes administrativos, como já existe em outras instituições policiais. No mais, parabenizo a todos do SINPOL, pela garra e perseverança.

    • Só lembrando ao caro colega, nossa Polícia Civil, também é formada de Criminais, Legistas, Peritos Papiloscopistas e Aux de Perito. Como fazer o que foi mencionado só com delegados, agentes e escrivães!?

  4. JOSÉ ALMEIDA RIBEIRO

    Percebe-se facilmente que a proposta do governo do Estado trás sutilmente o interesse de jogar os policiais aposentados contra a gestão do Sinpol,pois é sabido e consabido que não sendo extensivo qualquer benefício aos aposentados,estes fatalmente ficarão contra a gestão sindical e este é o ponto G que o Estado quer atingir para minar o prestígio do sindicato frente a categoria. Sabe-se que os aposentados da categoria votam e não são poucos e que além do mais são pessoas esclarecidas politicamente e tem peso como formadores de opinião na sociedade,apesar de inativos,porém essa inatividade só diz respeito a função policial,no mais, todos são ATIVOS, e quanto a gestão atual do Sinpol, quero parabenizar pela recusa à proposta do Governo com restrição. O SINPOL-PE É FORTE E A CATEGORIA ESTÁ UNIDA.

Deixe seu comentário