Quem no início de 2015 sequer era lembrado, neste começo de ano se fez lembrar logo cedo, demarcando seu espaço e avançando no reconhecimento de sua importância.

Quem na alta cúpula do governo imaginou perder o sono tendo que dar satisfações a imprensa, empresários de eventos, artistas, cervejarias, hoteleiros, empresas de publicidade e a grande mídia de televisão, dentre tantos, por causa das reivindicações dos esquecidos?

Fato é que começamos o ano mostrando que, embora não devidamente reconhecida, temos nossa importância, somos parte de  uma instituição que, dentre outras, é garantidora da ordem social, dos direitos democráticos, da segurança dos bens e das pessoas e, portanto, não um acessório do estado, mas seu braço forte em defesa da cidadania.

Tivemos que chegar onde chegamos para, finalmente, lembrar novamente que não aceitaremos ser deixados de lado no debate sobre segurança pública. Exigem de nós costumeiramente  planilhas, metas e um esforço sobre-humano para darmos satisfações do que temos feito, do nosso trabalho, e o cumprimento do que é estabelecido pelos burocratas que desconhecem a realidade da Polícia Civil. Temos prazos e somos rigorosamente cobrados por eles.

O Governo também tem prazos. Agora sabem que cobraremos por eles. Demonstramos que temos força e somos capazes de cobrar cada um dos compromissos feitos com a categoria e estaremos atentos a cada tentativa do governo de descredibilizar nossas justas reivindicações e distorcer a realidade dos fatos, tentando jogar a população contra nós.

A segurança pública em Pernambuco segue caótica e queremos mostrar que com uma Polícia Civil valorizada e reconhecida todos saem ganhando, sejam empresas, foliões, turistas ou quem neste estado vive à mercê da criminalidade.

Hoje é o dia em que mais uma vez, unidos e fortes, daremos nossa resposta final ao governo. Para isso precisamos da participação da categoria, pois a caminhada do resgate da valorização e da dignidade não pode ser feita por poucos, mas obrigatoriamente por TODOS!

Não deixe de comparecer na ASSEMBLEIA GERAL hoje, às 15h, na sede do SINPOL.

Você não é o convidado.
Você é o Sindicato!

A DIRETORIA.

Discussão2 Comentários

  1. Legalmente falando, existe alguma sanção para quem não comparece a escala do plantão de Carnaval, principalmente se não se inscreveu para concorrer a uma vaga ? Aqui na DIRH estão fazendo um verdadeiro terrorismo em relação a esse assunto, dizem também que a punição será ainda maior devido a greve decretada. Trabalho de segunda a sexta , das 08h às 17h e ainda fui escalado para o plantão de carnaval, sou recente na instituição e não tenho uma única falta , então não sei como proceder. No que concerne a greve, como fica nosso trabalho nessa escala extra?

Deixe seu comentário