As cobranças do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco surtiram efeito e finalmente, nesta terça-feira (4), foi entregue a obra do Instituto Médico Legal de Petrolina. Mais uma prova da força do sindicato e da categoria. Para quem não lembra, há mais de três anos que o SINPOL vem denunciando as péssimas condições do IML de Petrolina, inclusive mostrando absurdos como vísceras sendo jogadas no esgoto sem tratamento algum e corpos sendo necropsiados no quintal.

Após as inúmeras denúncias, as obras de reforma do IML tiveram início em junho de 2017 e deveriam ter sido concluídas em dezembro do mesmo ano. Em janeiro deste ano, o prazo foi adiado para o primeiro trimestre de 2018. Em fevereiro, a obra foi embargada pelo Ministério do Trabalho, por conta de irregularidades no local. Já em abril, a SDS anunciou mais uma prorrogação para junho deste ano. E o prazo não foi cumprido, mas antes tarde do que nunca esse IML é inaugurado com condições mínimas para atender a população e abrigar os Policiais Civis.

Lembrando que ao lado do IML há uma delegacia onde foi feito apenas uma maquiagem na fachada, mas que continua sendo um ambiente extremamente insalubre. A pequena reforma que foi feita aconteceu graças aos próprios Policiais Civis que se cotizaram e de parcerias com comerciantes da região que se sensibilização com a situação.

“O SINPOL continuará cobrando de qualquer governo responsabilidade e gestão com a segurança pública, com as unidades de Polícia Civil e com o servidor policial. Essa é mais uma demonstração de que o sindicato forte consegue mudar a realidade para a categoria e para o povo. IML de Petrolina: mais uma conquista da luta do SINPOL e da categoria”, destacou o presidente em exercício do sindicato, Rafael Cavalcanti.

Deixe seu comentário