É com profundo pesar que o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco lamenta a morte do companheiro brasiliense Wescley Vasconcelos, investigador de 37 anos, covardemente executado com mais de 30 tiros de fuzil em uma emboscada, na cidade de Ponta Porã (MS). Ele era lotado na Polícia Civil do Mato Grosso do Sul e estava envolvido em diversas operações que resultaram em prisões e prejuízos financeiros ao crime organizado. A atuação do agente contra os criminosos teria sido o motivo de sua morte, segundo as investigações. O SINPOL-PE se solidariza aos familiares e amigos do companheiro cruelmente assassinado.  

Deixe seu comentário