A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) vem a público manifestar apoio ao Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), em especial a seu Presidente, Áureo Cisneiros, e demais diretores, que nos últimos meses vêm sendo vítimas de inadmissíveis ações que mais se assemelham a fortes atos de perseguição política, por parte da Secretaria de Defesa Social, materializada através de sua entidade dita correcional, com a reiterada instauração de processos administrativos, tendo por objeto os mais variados temas, num claro propósito de silenciar o grito de alerta acerca das más condições de trabalho, da falta de investimentos necessários, do escasso quadro de servidores e de outros tantos problemas que estão levando a segurança pública de Pernambuco ao fundo do poço. Vale ressaltar que essa é a finalidade precípua da atividade sindical, cuja manifestação pública nada mais é do que o pleno exercício de seu múnus. É notório que o Sinpol, com sua nova e dinâmica diretoria, vem exercendo suas atividades com imparcialidade e precisão, buscando sempre a otimização da atividade de polícia judiciária, com a finalidade única de restituir à população a tão almejada tranquilidade, subtraída pela crescente onda de violência que voltou a afligir o Estado.

Francisco Rodrigues – Presidente

Deixe seu comentário