O Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) foi surpreendido na manhã desta quarta-feira (30/04) com um Mandado de Segurança (MS 343483-9 TJ-PE) revogando aposentadorias de Policiais Civis marcadas para o dia de hoje. Esclarecemos que não foi o SINPOL quem ajuizou tal ação, pois, nunca essa diretoria jogaria contra a própria classe.

Ao saber do ocorrido, o sindicato acionou sua banca jurídica para se debruçar sobre o fato e garantir, de imediato, o direito do policial civil pernambucano. Os advogados do Sinpol já estão verificando possíveis ilegalidades e arbitrariedades no processo. Assim sendo, o Sinpol anuncia que tomará todas as medidas cabíveis para defender os policiais civis que tiveram seus direitos cerceados, bem como buscará responsabilizar aqueles que concorreram para tal absurdo contra a categoria.

A partir desta próxima segunda-feira (04/05), os policiais que foram prejudicados devem se dirigir ao Sinpol para que possamos iniciar o processo e reverter esta situação.

A diretoria do Sinpol

Discussão2 Comentários

  1. Daniel Pereira Vicente

    O governo do estado, não pode alegar o mandamento da Lei de Responsabilidade Fiscal, no que concerne aos 225% de risco de vida, pois não há que se falar em aumento salarial, e sim de gratificacao.

Deixe seu comentário