O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou ontem , segunda-feira, 05, o Atlas da Violência 2017, um estudo feito em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). No documento, que compara taxas da evolução da violência e do número de homicídio no Brasil a partir de 2005, o Estado de Pernambuco é apontado como um mau exemplo, tamanho o retrocesso nos últimos anos.

 

“Nesses 11 anos analisados, cabe destacar o desempenho do estado de Pernambuco, que foi uma ilha de diminuição de homicídios no Nordeste entre 2007 e 2013 (quando logrou queda de 36% da taxa de homicídio no período), no rastro da implantação do programa “Pacto pela Vida.

Contudo, houve um aumento dos homicídios nesse estado, a partir de 2014, que apenas no último ano aumentou 13,7%, fazendo com que a prevalência de homicídio voltasse ao padrão observado entre 2009 e 2010.”

Confira a íntegra do Atlas da Violência 2017.

http://www.ipea.gov.br/portal/images/170602_atlas_da_violencia_2017.pdf

Deixe seu comentário