Policiais Civis voltam a trabalhar nesta sexta
Na próxima quinta-feira, eles prometem realizar nova paralisação e uma passeata até o Palácio do Campo das Princesas

Os policiais civis voltam ao trabalho a 0h desta sexta-feira (19) após 48 horas de paralisação. Durante assembleia geral realizada na noite desta quinta-feira (11) na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), em Santo Amaro, Área Central do Recife, os trabalhadores aprovaram manter a Operação Polícia Cidadã e prometem parar as atividades por 24 horas novamente na próxima quinta-feira (18), quando realizam uma passeata pelas ruas do Recife até o Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, a partir das 15h30.

De acordo com o presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros, as mobilizações estão apenas começando. “O Governo está intransigente e não quer dar nenhum aumento a categoria”, afirmou o sindicalista. Os policiais reivindicam, ainda, que sejam pagas horas extras aqueles que estiverem em serviço durante as festas juninas. “Nós não aceitamos a diária de R$ 57 oferecida para quem vai trabalhar no São João. Nós somos os únicos trabalhadores que não recebem hora extra nesse País”, declarou. Nesse sábado (13), a catedoria vai promover um ato pacífico com entrega de panfletos na praia de Boa Viagem, na Zona Sul, para conscientização da população.

Reivindicações

A categoria reivindica equiparação da gratificação por risco de vida dos delegados, que é de 225% sore o salário base, enquanto a dos policiais é de 100%. Outro ponto apresentado pelos policiais é o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos. Eles pedem o ajuste dos percentuais entre faixas salariais para 3%; ajuste dos percentuais entre classes para 7%; ajuste dos percentuais entre níveis de formação/qualificação profissional para 10% e a diminuição de faixa salarial em cada classe.

Os trabalhadores do setor também pede melhores condições de trabalho e equipamentos, além da inclusão dos peritos papiloscopistas no Quadro Técnico da Polícia, a reposição inflacionária para o ano base 2015 e a convocação dos remanescentes do último concurso da corporação.

Matéria completo:

http://www.folhape.com.br/cms/opencms/folhape/pt/cotidiano/noticias/arqs/2015/06/0179.html

Deixe seu comentário