No último sábado, 06 de janeiro, a Diretoria do Sinpol se reuniu para discutir sobre a campanha salarial 2019 e as perseguições que Áureo e demais diretores vem sofrendo por parte do Governo do Estado. 2019 será um ano muito difícil e que necessitará de muita luta e união dos Policiais Civis para que consigamos avançar tanto nas questões salariais e funcionais, além de combater as arbitrariedades deste Governo, mas, como já foi demonstrado pela categoria em anos anteriores, não fugiremos da luta por nossa valorização.
 
Democraticamente, como é de praxe, iremos apresentar a proposta da Diretoria em algumas delegacias da Capital, Região Metropolitana e nas Seccionais do interior para que, depois de conhecer nosso pensamento a proposta seja debatida e aprovada em Assembleia Geral, sendo em seguida devidamente encaminhada ao Governador.
 
Dentre questões salariais e funcionais, eis os eixos da proposta do Sinpol para apreciação da categoria:
 
salariais
 
1.Novo Enquadramento extensível a todos, inclusive, aos que estão em estágio probatório;
2. discussão sobre 02 (duas) tabelas de reajustes de valores do plano de cargos;
3.Diminuição de 04 (quatro) letras na tabela do nosso plano de cargos.
 
funcionais
 
1. Unificação de cargos;
2.Lei Orgânica totalmente concebida com a participação do Sinpol (cumprimento do acordo celebrado entre o Sinpol e o Governo Paulo Câmara em dezembro de 2015);
3. Concurso para Delegado com reserva de 50% das vagas para integrantes dos quadros da Polícia Civil de Pernambuco;
4. Luta Nacional com todas as entidades sindicais de Policiais Civis pela carreira única.
 
Além disso, estamos convocando a classe para se fazer presente na Assembleia Geral Extraordinária para confirmar a filiação do Sinpol nas nossas entidades superiores classistas, quais sejam, A Federação dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Nordeste – FEIPOL/NE, que terá seu Congresso realizado no mês de fevereiro em nosso Estado, e a Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis. Tal filiação é imprescindível para que não fiquemos de fora das discussões de ambito regional e nacional, como carreira única, Lei Orgânica Nacional, Piso Nacional, e para que tenhamos mais força com o apoio das entidades sindicais superiores em nossas lutas. O Sinpol/PE é hoje um dos únicos sindicatos que não está formalmente filiado. A Assembleia ocorrerá no dia 15 de janeiro, às 18h, no auditório do sindicato.
 
Vamos à luta!!!

Deixe seu comentário