Por Bruno Leonardo

Policial Civil

DHPP

 

Senhor Secretário Milton Coelho, ficamos abismados com as absurdas e mentirosas frases proferidas por você. Apenas disseste uma única verdade: a polícia civil foi quem contribuiu para a redução dos índices de homicídios no Estado. Apesar disso, reconhecimento verbal não coloca comida na mesa.

O nosso reconhecimento tem que vir em salário e melhoria da infraestrutura, para que consigamos continuar a redução que vocês tanto colocam na imprensa.

Nossa operação não é má vontade, mas chama-se Polícia Cidadã, pois nós, policiais, também somos cidadãos e estamos exigindo o nosso direito. E isso começa pela legalidade de nosso trabalho, diferente de vocês que não enxergam a lei.

Estamos cumprindo a risca o que diz o Código de Processo Penal e Vossa Excelência, ao dizer que estamos de má vontade, quer que nós voltemos a violar as leis para que consigamos dar de volta a produção que vocês tanto pleiteiam. E nós estamos dando essa resposta, NÃO SOMOS BURROS DE CARGA e não vamos mais infringir as leis processuais para vocês divulgarem os resultados de nosso trabalho como propaganda de campanha.

O Pacto pela Vida foi enterrado, a representação do enterro feita em nossa passeata foi apenas simbólica. Quem, na realidade, enterrou o PACTO PELA VIDA foram vocês, que deixaram de investir na polícia e a sucatearam. Aliás, só investiram nos gestores da Secretaria de Planejamento. Foram eles quem cumpriram as metas de governo, pegando as estatísticas enviadas por nós (trabalho nosso, também, por incrível que pareça) e divulgando para a população. Com aumento de quase 400% nos salários dos seus gestores, que não colocam o pé na rua, cobram da gente as metas como se policiais fossem.

Qual o nível exigido de intelectualidade e/ou esforço para ser gestor da SEPLAG? Entender de Excel? Acho que sim. Sem contar que a crise financeira que o Estado passa não é nossa culpa. Porém, faço a seguinte pergunta: Por que a crise e a Lei de Responsabilidade Fiscal só serve para a Polícia Civil? Por que essas desculpas esfarrapadas não serviram para os senhores Secretário e Governador aumentarem em 8% os seus salários de Auditores Fiscais do TCE na calada da noite?

Por que os servidores da Secretaria da Fazenda também receberam esse aumento? Por que os deputados tiveram 26% de aumento e os servidores também tiveram aumento? Por que o Judiciário recebeu o auxílio-moradia de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), um valor maior que o salário do policial civil? Porque os juízes tiveram 7% de aumento? Por que o PCCV do judiciário foi aprovado, levando-se em conta que o ultimo nível da carreira de nível superior ultrapassa os R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e os comissários e escrivães especiais, que também são nível superior, não chegam a R$ 6.000,00 (seis mil)?

Por que a ARENA Pernambuco custou tão caro e vocês continuam pagando? Por que fizeram licitação de máquinas de cafezinhos com custo para o Estado a mais de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e meio de reais) se estamos em crise? Por que o governador prometeu dobrar o salário dos professores e não quis pagar nem 10% de aumento para toda a classe. São tantas perguntas sem respostas que eu me cansei.

Essa Operação Polícia Cidadã não é mais do que o resultado de desmotivação e revolta de toda uma classe que foi abandonada por vocês governantes. Milton Coelho, você falou em transparência. Quem é você para falar em transparência que nem o seu salário e nem o do governador aparecem no portal?

Todos nós sabemos que vocês são auditores do TCE e ganham muito bem, por que razão então não divulgar no Portal da Transparência? Responda-me, pois se o meu salário de policial está no site quero que o seu também esteja, pois todos somos servidores. E não adianta falar que está no site a gratificação de secretário, pois, como o próprio nome diz, é gratificação, e não salário. Outra coisa que lhe questiono é que história é essa que o diálogo e o canal de comunicação estão abertos? Como podes dizer que foram feitas reuniões em relação à negociação? Que diálogo é esse em que só um interlocutor fala, dizendo um NÃO bem grande para todos nós em todas as reuniões? Quero lhe dizer que não se faz Segurança Pública de graça, ninguém na polícia trabalha por sacerdócio, não.

Além disso, ninguém mais aguenta as condições de trabalho que estão sendo impostas. Ninguém aguenta mais vender a folga por um PJES que não vale nem 25% da hora extra. Vocês estão pensando o quê? Não vamos mais acabar nossa saúde e o relacionamento familiar pra suprir a defasagem de mais de 60% no efetivo policial, que ano que vem vai beirar à casa dos 70% com a aposentadoria dos antigões que reconhecem que não vale mais à pena se dedicar à Polícia Civil de Pernambuco e de outros que vão entrar em licença prêmio.

Os senhores estão acabando com a Polícia, acredito que o motivo deve ser porque não querem correr o risco de serem investigados.

Discussão9 Comentários

  1. Essa resposta aos que comandam o Estado de Pernambuco, foi muito bem colocada e, esclarece a população como também a nós da Polícia Civil, como estamos trabalhando, as condições deploráveis de vários setores e delegacias, equipamentos de segurança etc. etc. Esse Pacto Pela Vida é uma farsa que faliu, e mesmo assim “eles” tentam incutir na cabeça do povo que tudo está bem,está tudo sob controle, que foi reduzido o número de homicídios, assaltos e outros delitos, tudo mentira, ficam maquiando as informações. Portanto quero me solidarizar com o autor, bem como desejar uma solução que seja do agrado de todos.

  2. Parabéns Bruno.
    O seu discernimento dos fatos que acometem a nossa Polícia Civil e o Estado de Pernambuco ficou cristalino.
    O Governo do Estado foi escandalosamente mal intencionado quando antecipadamente, em março/2015 ainda,
    deu reajuste de 8.6% aos funcionarios abastados do Estado de Pernambuco, entre eles TCE, Secretaria da Fazenda,
    e tantos outros, deixando a Polícia Civil para junho, momento em que decretou praticamente a falencia do Estado,
    mando os policiais catar favas. Prática vergonhosa de um governo que se diz socialista.

  3. Luís Carlos de Sousa

    A polícia civil de hoje é composta por mentes oxigenadas e intelectos saudáveis que não se dobram a forma arcaica e muito menos a políticos e seus lacaios de quinta grandeza.
    A luta continua e eles que se cuidem…sempre existirá um delator. ..e quando este enfim resolver livrar sua pele e apontar os verdadeiros sangue-sugas do estado, nós, verdadeiros paladino do direito estaremos apostos para colocar nas mãos desses gatunos, a pulseira de metal.
    ” Polícia unida jamais será vencida!”

    L. Carlos ( comissário especial de polícia )

  4. Companheiro, tudo isso que você afirmou é realmente verdade. Um dos motivos deles quererem sucatear a Polícia Civil é o medo de serem investigados e que toda a sujeira deles seja mostrada a todos. Devemos lutar com todas as forças e com união de toda a classe. Diante da situação, deixo uma frase para reflexão de todos. “OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS”.

  5. Mui bem. Deve-se elaborar com esse manifesto uma carta aberta para ser distribuídos nas escolas, nos ônibus e feiras livres , para toda sociedade pernambucana, tomar conhecimento como o sistema (governo) tratam os seus colaboradores.

  6. esses caras são uns tecnocratas burros apadrinhado por Guilherme Uchôa e esse Bosta do Paulo câmara preposto de Eduardo Campos, é hora de radicalizar.

    • JAILSON ALVES DE GOIS

      JAILSON GOIS. COMPANHEIROS VAMOS SE UNIR, NÃO VAMOS DESISTIR DESSA LUTA, ESSE GOVERNO EM ALGUNS PONTOS DE VISTA ESTÁ SENDO COLIGADO A JARBAS VASCONCELOS QUE NOS DEIXOU NAS PIORES CONDIÇOES NO SEU GOVERNO FOI 08 ANOS DE SOFRIMENTOS, TEMOS QUE FICAR DE OLHOS ABERTOS.

  7. Querem saber o salário do governador e do secretário de adm,entrem no site do tce-pe>transparência>gestão de pessoas>cargos e remuneração>vencimentos detalhados dos servidores>ano 2015,mês junho, pesquisar.

Deixe seu comentário