Na manhã desta terça-feira (26), o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, foi entrevistado por Geraldo Freire e aproveitou a oportunidade para denunciar o lugar de vulnerabilidade em que os Policiais Civis de Pernambuco se encontram diante da falta de uma limpeza regular e adequada nas unidades da PCPE.

Sabemos que a higienização dos ambientes é uma das principais armas no combate ao coronavírus, mas infelizmente os Policiais Civis e o povo que necessita do atendimento deles estão vulneráveis nesse sentido. Foram vários ofícios do Sinpol cobrando a higienização das delegacias e institutos, além das viaturas usadas em serviço; nenhum deles foi respondido. O Sinpol reitera que continuará cobrando uma atitude do governo do estado e denunciará a situação até que seja resolvida.

Deixe seu comentário