O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco vem à público prestar toda solidariedade à Comissária Andréa Gomes de Carvalho, que vem sendo perseguida – inclusive com a instalação de um Processo Administrativo – em decorrência de uma postagem que fez nas redes sociais e que foi amplamente mal interpretada.

É importante ressaltar que imediatamente, ao perceber que poderia ter sido infeliz em suas colocações, a servidora apagou o conteúdo postado – demonstrando que não foi seu objetivo despertar qualquer tipo de mal-estar. A conduta da colega não foi dolosa e não teve o objetivo de criticar qualquer instituição ou pessoas. Além disso, muito pior que o “erro” da colega, foram os intensos ataques que ela sofreu, muitos deles configurando crime.

Por isso, como não poderia ser diferente em qualquer situação que envolva a categoria, o Sinpol já está agindo e atuará ainda mais para evitar que a servidora continue sendo perseguida e ainda seja mais uma punida injustamente pela Corregedoria da SDS.

Deixe seu comentário