O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco está lutando para que o governo do estado inicie, finalmente, um processo de descentralização dos atendimentos e testagens dos Policiais Civis e seus familiares que estão com sintomas da COVID-19. Sugerimos, através de ofícios endereçados à Chefia de Polícia e à Secretaria de Defesa Social, que o Estado disponibilize a estrutura necessária para que em cada Seccional do estado haja um laboratório ou hospital para recepcionar categoria.

Também solicitamos nos ofícios uma descentralização na própria capital, uma vez que apenas o (CEFOSPE), no Recife, faz a coleta para a testagem.

Além disso, os Policiais Civis e demais Trabalhadores da Segurança Pública têm relatado que o tempo do agendamento até a coleta para a realização do exame tem demorado bastante, ultrapassando facilmente o período de 10 (dez) dias. Com isso, muitas vezes os servidores se vêem obrigados a usar recursos próprios para realizar um exame que custa, em média, R$350,00.

Portanto, a descentralização e a multiplicação dos locais para testagem é uma medida urgente e extremamente necessária, já que de acordo com próprio governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde, a propagação da COVID-19 está se interiorizando em uma velocidade espantosa.

Dificilmente um Policial irá percorrer a distância entre sua cidades e o RECIFE só para a realização da testagem, pois são cidades com distâncias aproximadas de 200, 300, 500, 800 km. Dessa forma, esperamos contar com a sensibilidade do governo, para que atenda as demandas apresentadas pelo Sinpol.

Deixe seu comentário