Como não poderia ser diferente, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) vem a público se manifestar veementemente contra a sorrateira decisão, tomada pelo Governo do Estado, que aumentou em mais de 20% a contribuição dos servidores usuários do SASSEPE. Em alguns casos, como o de inclusão de novos dependentes com mais de 60 anos, o aumento é de surpreendentes 1000%.

Lamentavelmente, mais uma vez o governo de Pernambuco demonstrou que não está disposto a utilizar o diálogo em sua gestão e, unilateralmente, decidiu promulgar um aumento sete vezes maior do que a projeção inflacionária dos especialistas para 2017 – fixada em 2,95%.

Um reajuste dessa magnitude, combinado à forma com o qual foi implementado, não tem amparo econômico, científico ou político. Na verdade é uma profunda falta de respeito com os servidores públicos deste estado, que, em um contexto geral, já sofrem com baixos salários e precárias condições de trabalho. Além disso, a medida ainda poderá causar o enfraquecimento do sistema de saúde, provocando uma iminente evasão.

É importante que todos os sindicatos dos servidores públicos se unam para barrar esse abusivo aumento.

Diante desse quadro, a diretoria do SINPOL decidiu que não vai acatar a decisão passivamente e anuncia que convocará, no próximo dia 11/10,quarta-feira, às 9h, uma Assembleia Extraordinária para que a categoria defina qual estratégia adotará para barrar o abusivo e arbitrário aumento.

Deixe seu comentário