O SINPOL começa a abrir a caixa preta do Programa de Jornada Extra da Segurança – PJES. O sindicato, através do seu departamento jurídico, conseguiu decisão liminar que obriga o Estado de Pernambuco a fornecer todas as informações relativas ao PJES nos últimos cinco anos no âmbito da Secretaria de Defesa Social.

O sindicato vem cobrando esses dados do Estado há vários anos, mas a Administração Pública Estadual, como de costume, esconde os dados. “Essas informações são imprescindíveis para o controle e verificação da legalidade da confecção, escalonamento e pagamento do Programa de Jornada Extra de Segurança e para que o Policial Civil de Pernambuco não tenha nenhum direito violado”, esclarece Rafael Cavalcanti, presidente em exercício do SINPOL-PE.

Confira a liminar abaixo:

Deixe seu comentário