SIN_6614O vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE), representou a entidade em audiência pública que tratou da reforma da Previdência – PEC 287/2016. Convocada pelos vereadores Jayme Asfora, Ivan Moraes e Rinaldo Júnior, a atividade contou com a participação de diversas entidades sindicais e movimentos sociais, como associações de moradores, sindicatos e centrais sindicais.

O advogado Bruno Baptista, representante da OAB, foi o palestrante da reunião e na ocasião apresentou dados que refutam os argumentos usados pelo governo de Michel Temer para aprovar a reforma da previdência. “É fato que a nossa previdência social precisa ser arrumada. Mas o que está sendo apresentado é na verdade um desmonte e não uma reforma da previdência. Tudo isso baseado em diversas mentiras, como o déficit da previdência”, afirmou.

Já em seu pronunciamento, o Vice-presidente do SINPOL, Rafael Cavalcanti, destacou que “esta reforma não foi debatida com a sociedade brasileira e está sendo apresentada a ‘toque de caixa’ pra beneficiar quaisquer outros interesses, menos o da população. “Essa luta não é somente dos policiais civis. Somos todos trabalhadores e essa conta não pode ser paga por nós”. Ele ainda lembrou que os policiais civis realizarão assembleia hoje, com o objetivo de aprovar a adesão da categoria à greve geral (com paralisação de 24h), no próximo dia 28.

Deixe seu comentário