A Polícia Civil do Maranhão, que vem lutando por melhores condições de trabalho para categoria, encontra-se no seu 5° dia de greve geral e por tempo indeterminado.

Diante da situação, o Sinpol-PE reafirma o apoio aos companheiros do Maranhão, já que a Polícia Civil desse Estado reivindica e passa pelos mesmo problemas sofridos no estado de Pernambuco.

O vice presidente do Sinpol-MA (Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão), Fabrício Severo, comentou que os policiais civis esperam que os governantes olhem para categoria e dêem melhores condições de trabalho. Fabrício também falou do que espera daqui pra frente.

“O Sinpol-MA e toda categoria aguarda uma proposta do Governo do Maranhão, pois para nós, a única saída é o diálogo”, disse o vice presidente.

A situação no estado de Pernambuco não é diferente. A polícia civil do Estado ainda está buscando um entendimento com o Governo para melhor atender a sociedade pernambucana. Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol-PE, declarou o apoio da categoria aos companheiros do Maranhão.

“Estamos acompanhando a luta da policia civil do Maranhão e sabemos da legalidade da Greve. Passamos aqui em Pernambuco pelas mesmas dificuldades. O estado de Pernambuco não nos dá condições dignas de trabalho. Estamos passando por um verdadeiro caos na segurança pública”, disse Áureo.

Deixe seu comentário