Na manhã desta terça-feira, 25, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) protocolou junto ao Ministério Público pedido de interdição da delegacia de Toritama, no agreste do estado. O pedido levou em consideração a falta de condições estruturais para os policiais desenvolverem seus trabalhos de investigação e atendimento ao público.
O Sinpol-PE tem feito visitas sistemáticas às delegacia da região afim de vistoriar as instalações e condições de trabalho dos policiais, levando em conta o efetivo e os equipamentos de trabalho de que dispõem os policiais, como coletes à prova de balas, armamento e viaturas. As vistas seguem por todo o interior e região metropolitana ao mesmo tempo em que está sendo produzido o dossiê sobre as tais condições a ser entregue ao Governo do Estado e ao MP em caráter de reivindicação e denúncia.

Deixe seu comentário