O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE), em ofício encaminhado ao Chefe de Polícia Civil do Estado de Pernambuco, Joselito Kehrle Amaral, e ao Secretário de Defesa Social do Estado, Antônio de Pádua Cavalcanti, pede que sejam tomadas providências quanto ao desalojamento dos policiais civis da Delegacia Seccional de Afogados da Ingazeira. De acordo com o documento, assinado pelo vice-presidente do sindicato, Rafael Cavalcanti, estão ocorrendo modificações na delegacia seccional do município para que seja instalado o Instituto de Criminalista da região, porém sem que sejam respeitadas às necessidades e direitos dos servidores lá lotados.
“Para construir o Instituto de Criminalista estão retirando o alojamento dos policiais civis da delegacia. Estão desprezando, inclusive, as normas trabalhistas e tratado internacional de direito ao descanso. Não há o mínimo de condições para os companheiros lotados lá”, explica Rafael.  A diretoria do Sinpol irá visitar o local e caso não seja solucionado o problema irá recorrer ao Ministério Público Estadual e ao Ministério do Trabalho para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Deixe seu comentário