Estamos há um mês das eleições presidenciais de 2018 e, infelizmente, passamos por mais um ataque às relações democráticas do país.

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado na tarde de hoje (6), durante ato de campanha que fazia em Juiz de Fora (MG). O SINPOL-PE lamenta e repudia veementemente o fato, que traduz o conturbado momento político e social do país.

O SINPOL, ao longo dessa gestão, tem reiterado que não é com violência, ódio ou intolerância que vamos mudar a realidade do país, mas com muito diálogo e respeito às diferenças. Só assim conseguiremos avançar para um Brasil melhor e com menos desigualdades.

Não podemos permitir que o Brasil aprofunde suas divisões e mais muros sejam construídos para separar nosso povo. O caso precisa ser investigado a fundo e todos os seus detalhes esclarecidos, com responsabilidade. Ao final, esperamos que a nossa democracia seja fortalecida e que possamos voltar a exercitar o respeito e a tolerância, ainda mais em um país heterogêneo e miscigenado como o nosso.

Deixe seu comentário