Em viagem de trabalho à Brasília (DF), o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros e o vice Rafael Cavalcanti trataram de assuntos relacionados ao processo impetrado no STJ (Superior Tribunal de Justiça) contra o PJES (Programa de Jornada Extra da Segurança).

Os diretores também foram verificar pessoalmente o processo da Carta Sindical do Sinpol no Ministério do Trabalho.

Logo após as visitas de trabalho, os diretores do Sinpol-PE visitaram o Sinpol-DF para prestar solidariedade aos companheiros que estão em uma paralisação de 48 horas. Confira na matéria abaixo, publicada no site do Sinpol-DF o relato da visita.

 

Diretoria do Sinpol do PE visita o Sinpol-DF e manifesta apoio à greve

O presidente do Sinpol-DF, Rodrigo Franco, o Gaúcho, recebeu nesta segunda, 7, a visita do presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), Áureo Cisneiros e do vice-presidente Rafael Cavalcante.

Eles estavam acompanhados pelo presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores da Polícia Civil (Cobrapol), Janio Granda, e de mais dois assessores.

Além de manifestarem apoio à greve de 72 deflagrada a partir desta segunda pelos agentes policiais de custódia, os dirigentes sindicais pernambucanos conversaram com Gaúcho e Granda sobre assuntos relacionados à carreira e à luta sindical.

Reunião com Sinpol PE - Paulo Cabral (16)

Gaúcho, presidente do Sinpol-DF, destacou a importância de encontros desse tipo para a troca de experiências

“Os policiais civis de Pernambuco, hoje, são um exemplo de luta para o Nordeste. Nós viemos ao Sinpol do Distrito Federal buscar maneiras de aperfeiçoar essa luta. Além disso, conversamos sobre a estrutura do sindicato e sobre a realidade da categoria”, explicou Áureo.

Gaúcho detalhou as questões que decorreram na greve iniciada nesta segunda, mas também lembrou das conquistas obtidas pela atual diretoria, como a aprovação do nível superior na carreira da Polícia Civil do DF e a redefinição das atribuições.

“Encontros como esse são importantes para traçarmos objetivos comuns e conhecermos outras realidades a fim de aprimorar nossa luta sindical. Além disso, com a conversa pudemos constatar que apenas mirando na categoria, e não nos interesses próprios, é possível obter avanços nas reivindicações. Temos que nos juntar ainda mais”, disse Gaúcho, ao fim do encontro.

O grupo do Sinpol-PE retornou ao estado de origem no fim do dia.

Deixe seu comentário