Nossa Campanha Salarial começa em:

Dias

Horas

Min

Seg

Na manhã de hoje (17), o SINPOL-PE, juntamente com a COBRAPOL, protocolou um ofício solicitando providências ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em relação aos problemas decorrentes da implementação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) nas unidades da Polícia Judiciária pernambucana e o consequente acúmulo de funções para os colegas escrivães.

O ofício, além de demonstrar o acúmulo de funções ao qual o Policial Civil está sendo submetido, relata a total falta de estrutura mínima para realização de suas funções ordinárias, quadro que torna-se insustentável com a absorção das novas atribuições oriundas do TJPE.

Parte do documento contextualiza a real situação da polícia civil de Pernambuco.
“… Esta entidade classista de representação máxima e nacional de todos os Policiais Civis vem recebendo diversas denúncias que pairam sobre trabalho exaustivo, ocasionado pelo aumento das atribuições dos Escrivães de Polícia que estão ainda mais assoberbados de trabalho, o que certamente se agrava com o pouquíssimo efetivo e que quase que diariamente os referidos servidores saem de um plantão para correr para outro ou para o expediente, não podendo atrasar sob pena de responsabilização administrativa. Evidente que há acúmulo de tarefas sem qualquer contrapartida técnica ou estrutura, recebendo ainda baixíssimo vencimento, sendo o 22º pior salário de Polícia Civil do Brasil.”

No último dia 04, o SINPOL-PE encaminhou à Chefia de Polícia do Estado um ofício, solicitando tbm providências. Estamos cobrando uma solução breve para a problemática.

Reforçamos as orientações aos colegas para formalizarem os problemas causados ao transcurso do seu serviço decorrentes da necessidade de alimentar o PJe, relatem os serviços ordinários que foram suspensos ounonterrompidos e encaminhem o problema, de forma oficial, aos superiores, conforme nota do Sinpol-PE no seguinte link: https://www.sinpol-pe.com.br/novo/o-sinpol-pe-encaminhou-oficio-a-chefia-de-policia-sobre-pje-pcpe-virtual-e-acumulo-de-funcoes-para-os-colegas-escrivaes/.

Vamos à luta pela valorização do Policial Civil e contra a clandestinidade funcional!
Confira o ofício do Sinpol-PE ao CNJ:

Comprovante de protocolo – 17.06.2021

PROCESSO_ 0004669-91.2021.2.00.0000 – PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS

0004669-91.2021.2.00.0000

Deixe seu comentário