Pré-candidata compareceu na noite desta terça-feira, 31, no auditório do Sindicato, onde participou de rodada de perguntas



O SINPOL, Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco realizou na noite desta terça-feira, 31, mais uma da série de Encontros com os pré-candidatos a Governador de Pernambuco, no auditório do Sindicato, localizado no bairro de Santo Amaro, no Recife. Na semana anterior, na primeira rodada da série, o convidado foi o pré-candidato pela União Brasil, Miguel Coelho. Na noite desta terça foi a vez da pré-candidata Raquel Lyra, do PSDB.


Antes de iniciar o debate, o presidente do SINPOL, Rafael Cavalcanti prestou solidariedade às vítimas das chuvas em Pernambuco e em seguida concedeu a palavra à pré-candidata, que iniciou falando de sua trajetória de vida e de sua pré-campanha, e em seguida abriu para as perguntas do público presente e ouviu a proposta de todos.


“Estamos fazendo uma série de conversas com os servidores do Estado de Pernambuco. É uma oportunidade ímpar estar aqui para ouvir e contribuir com vocês que fazem a segurança pública. Tenho conhecimento do tema, não apenas por ter sido delegada, mas por já ter trabalhado o tema como Prefeita de Caruaru e ter participado do Pacto Pela Vida de perto, como chefe da procuradoria. Eu vi o programa funcionar e deixar de funcionar. Eu costumo dizer que o Pacto Pela Vida morreu. No início, à época, ele aconteceu de verdade, mas com o tempo, se perdeu, pois deixaram de olhar para os resultados da vida do povo e passaram a olhar só para planilhas”, ressaltou Raquel Lyra.


“Na verdade, vamos precisar recomeçar, um novo plano de segurança, como fizemos em Caruaru, onde nos primeiros anos reduzimos em 50% o índice de homicídios. Sabemos que o desafio é grande, a precariedade dos prédios das policias é geral em todo estado, faltam o básico e não há delegacias de plantão. Falta estrutura para cuidar dos policiais e dos servidores. O Sassepe, por exemplo, acabou. O hospital dos servidores do Estado está totalmente desestruturado e não se consegue marcar nada. Meu compromisso é agir e fazer investimentos de verdade na segurança pública de Pernambuco, nos trabalhadores , em inteligência e em estrutura de trabalho” garantiu a pré-candidata.


Perguntada sobre a relação com os servidores respondeu. “Temos de tratar o setor público com respeito, aliás sempre tratamos servidor como gente. entrei e saí da Prefeitura de Caruaru deixando as portas abertas para o servidores de lá. Me comprometo em colocar os temas apresentados aqui por vocês na mesa , para o diálogo. Não terei respostas imediatas para todas as questões aqui levantadas. Afinal, qualquer um pode chegar aqui e prometer tudo, mas minha proposta é o diálogo permanente com todos vocês. Poderia até continuar sendo prefeita de Caruaru, mas fui chamada para essa missão, e sei que posso fazer mais por Pernambuco” finalizou Raquel Lyra, solicitando apoio de todos os presentes para a construção de seu Plano de Governo para a Segurança Pública.
Ao final, o presidente Rafael Cavalcanti agradeceu a presença da pré-candidata, leu a carta-compromisso que, em seguida, foi assinada por Raquel Lyra, comprometendo-se com as pautas da categoria.


O SINPOL enviou convite aos principais pré-candidatos e aguarda a confirmação dos demais. “Vamos continuar a debater com os demais pré-candidatos o plano de governo para a Segurança Pública do Estado e as pautas da nossa categoria. Por isso convidamos todos os postulantes que pontuam acima de dois dígitos nas pesquisas a comparecerem no SINPOL para expor suas visões para a categoria e para Segurança Pública como um todo. É preciso que se firme um compromisso com o próximo governador ou governadora, para que o eleito já assuma sabendo das nossas reivindicações e das necessidades do investimento em Segurança Pública”, afirmou Rafael Cavalcanti, presidente do SINPOL-PE.

Deixe seu comentário